Um bocadito para lá das aparências
Segunda-feira, 17 de Setembro de 2007
O Desenvolvimento Cognitivo Segundo Vigostki - 13

3.1 Breve Exposição da Fase Pré-Conceptual do Pensamento na Infância.


      Até que a capacidade para o pensamento conceptual surja plenamente desenvolvida, Vigostki sugere três fases que o antecedem e preparam. Estas ilações são produto das observações decorrentes do seu estudo experimental. A experiência levada a cabo por vigostski privilegiava o método de observação induzida e o objectivo pautava-se pelo estudo da relação entre o desenvolvimento da linguagem e a capacidade de pensar conceptualmente por abstracção, ou seja, a capacidade para formular e pensar de acordo com generalizações independentes das imagens e das relações factuais com o meio físico. As experiências de Vigostki partiram do pressuposto que a capacidade de organização da criança estaria directamente relacionada com o estado do seu desenvolvimento, e que o seu desenvolvimento seguiria ao ritmo da evolução das suas capacidades de organização. Deste modo, dispunham-se objectos com características específicas (semelhanças e diferenças basicamente) de modo a observar os resultados práticos das crianças quanto à organização da disposição dos objectos e consequentemente, ao seu modo natural de raciocínio e aos factores ou atributos a que davam mais relevância no acto de colectar e organizar mentalmente os dados ao seu dispor. A capacidade de generalizar será portanto o factor fulcral nas experiências de Vigostski, que por sua vez se relaciona com a capacidade de abstracção, ou seja, pensar por meio da linguagem sem recurso a imagens ou dados factuais concretos. Vigostki traça uma clara analogia entre o desenvolvimento da fala e os progressos na capacidade da organização intelectual nas crianças – quanto mais sofisticado é o grau de generalização, maior o domínio geral das competências linguísticas, sendo que a aquisição gradual da linguagem consiste no factor determinante de todo o processo do desenvolvimento. Como já foi dito, até que o pensamento conceptual se torne possível, a criança passa por três fases distintas de desenvolvimento:


 

1ª Fase – Agregação Desorganizada ou Amontoado

2ª Fase – Pensamento por complexos

3ª Fase - Desenvolvimento da Capacidade de Abstracção


Atentemos cada uma delas em pormenor de seguida




publicado por Transbordices às 22:12
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De cigana a 21 de Setembro de 2007 às 00:54
Não venho aqui muito. Pelos vistos, não venho há bastante tempo, pois constatei que passaste da crítica cáustica que te era usual para a análise exaustiva da evolução do desenvolvimento interior da criança. Uma mudança deveras radical, não?
Este é um assunto que me interessa, embora se torne complexo devido à minúcia com que o descreves, apesar da linguagem ser perfeitamente acessível. Uma boa escolha.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Frango???

A Volta

O Vidrão

A Culpa?

A convicção

No princípio

Melhor que isto...

...

Será que agora vai?

Cá estamos

Estou Armado ao Pingarelh...

Do Mito à Natureza

A Vontade do Saber

O que é a Ontologia?

...

A Multa

A Marca

O Tempo visto por quem di...

Limites

...

arquivos

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

blogs SAPO
subscrever feeds