Um bocadito para lá das aparências
Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007
O Desenvolvimento Cognitivo Segundo Vigostski -24

5- Apontamentos Finais

 

O traço distintivo da teoria do desenvolvimento de Vigostki, sem a menor dúvida que se coloca ao nível do reforço vicariante. É através das relações interpessoais que se definem as zonas de desenvolvimento próximal. Neste capítulo, a linguagem tem uma importância fundamental. Segundo Vigostki, o desenvolvimento cognitivo caminha par a par com o desenvolvimento da própria linguagem, sendo que o pensamento maduro consiste na capacidade da abstracção conceptual. Deste modo, estudar a emergência do pensamento passa por estudar a evolução da capacidade de generalizar conceitos por via da linguagem. Basicamente, este é o projecto que Vigostki nos sugere. Para levar a cabo o seu projecto de investigação, adopta a linha experimentalista em detrimento da introspecção. O seu projecto experimentalista envolve seres humanos de várias faixas etárias, até porque o desenvolvimento, segundo a concepção de Vigostki e contrariando claramente Piaget, não se pode balizar hermeticamente segundo estágios bem demarcados por faixas etárias específicas. Caso assim fosse, qual seria na realidade o papel do reforço vicariante e das relações interpessoais? O desenvolvimento vai-se sucedendo não nos moldes de um construtivismo baseado numa estrutura a-priori e pré-estabelecida, mas de acordo com zonas de desenvolvimento proximal dependentes da interacção com o meio social e humano. Nesta perspectiva, embora o sujeito detenha uma parte activa no processo do desenvolvimento através das suas estruturas psíquicas, estará sempre dependente dos estímulos extrínsecos que o levam a evoluir e superar os seus próprios limites conceptuais – esta abordagem diverge assim do behaviorismo, que negligenciava por completo as estruturas subjectivas do sujeito, apoiando todo o processo do desenvolvimento no condicionamento e no reflexo condicionado. Mas onde radica Vigostski o elo comum entre a subjectividade da criança, ainda surda e cega para o mundo, e os estímulos extrínsecos que a levam gradualmente à possibilidade da generalização intelectual por conceitos?



publicado por Transbordices às 14:16
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Frango???

A Volta

O Vidrão

A Culpa?

A convicção

No princípio

Melhor que isto...

...

Será que agora vai?

Cá estamos

Estou Armado ao Pingarelh...

Do Mito à Natureza

A Vontade do Saber

O que é a Ontologia?

...

A Multa

A Marca

O Tempo visto por quem di...

Limites

...

arquivos

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

blogs SAPO
subscrever feeds